quinta-feira, 4 de setembro de 2014

O Bicho da Montanha


Como saber se o bicho da montanha te pegou?

Será que vc já virou um ser da montanha? Será que está ainda no processo? Como saber?
campo base do Cho Oyu

Bom, temos aqui uma série de questões que podem elucidar em que etapa vc está desse processo (que aviso desde já, não há volta desse processo! Afinal, vc conhece algum ex-ser da montanha? Não né...). Paremos de enrolação e vamos às questões.

1- vc acha um absurdo seu amigo, irmã, familiar gastar uma grana numa calça jeans de marca, mas não se importa nem um pouco em gastar mais do que isso num casaco de pena de ganso

2- achar a coisa mais linda do mundo o casaco de pena de ganso, assim como seu saco de dormir de pena

3- calçados: sonhar em ter aquela sapatilha de escalada, ou aquela bota dupla ou tripla; e qdo finalmente consegue, querer mostrar pra todo mundo (e ninguém dá a menor bola, lógico)

4- equipos: achar a coisa mais fantástica sua corda (é a melhor, mais bonita, etcetcetc), suas costuras, ice axe, mochila, roupas de montanha, head lamp. Além disso, ficar a par das últimas novidades tecnológicas para as roupas e equipos

5- adorar contar para as outras pessoas suas aventuras, principalmente as roubadas. Qdo tem alguém de montanha com vc, é um deleite... cada um contando uma pior que a outra. Qdo é para pessoas normais... eles te olham com aquela cara de dó...
Serra da Mantiqueira

6- ficar ofendidíssimo qdo te perguntam: vc faz rapel????

7- qdo costura não é o que a costureira faz, qdo io-io não é o brinquedo redondinho com cordinha, qdo sapatilha não é de ballet, qdo mala é mala e mochila é outra coisa, tenda é tenda e barraca é outra coisa, cadeirinha não é para sentar, aclimatação não tem nada a ver com ar condicionado, agarra tb não é o que vc está pensando...

8- qdo vc sabe o que é diamox, dexa, jumar (não é Gilmar escrito errado...), cipro, azitro, campus board, finger board, crampon, chapeleta, magnésio, climb on, oxímetro, altímetro, suunto, crashpad

9- qdo vc não dá dica – vc dá um beta, qdo “tô na minha” não significa “tô tranquilo”, “chupa!” significa recolher a corda, “lance psicológico” não tem nada a ver com terapia, ogro não é o Shrek

Cuscuzeiro
10- gastar uma grana numa expedição e continuar com seu carrinho de sempre

11- ficar com as mão suando ao ver um vídeo de escalada animaaaaaal, além de fazer comentários sobre a técnica do escalador. Ficar gritando feito bobo k’mooooon!!!! pro vídeo...

12- achar genial quem inventou o pee bootle, o saco de dormir tipo múmia, o hand warmer, o goretex, o thermarest, o canivete suíço (aliás, ser apegado ao seu canivete tanto qto à sua corda), fogareiro multifuel



13- perceber que seus conceitos sobre higiene estão mudando... melhor não entrar em detalhes aqui...

14- não ter o menor problema em falar sobre suas necessidades fisiológicas com parceiros de escalada

15- não dar muita bola pra refrigerantes qdo está na cidade, mas achar simplesmente DIVINA aquela coca-cola que apareceu no acampamento não se sabe vinda de onde. E tomar de um gole só

16- começar a comparar o peso da sua mochila com a dos outros (óooo, o cara tá forte!) e fazer competição pra ver quem está com a saturação mais alta (mesmo qdo o guia diz pra não fazer isso)

escalada do Elbrus, Rússia
17- ficar muuuuuito, mas muuuuuito P da vida qdo não consegue fazer aquela via ou aquela montanha. Colocar a respectiva na sua lista, logo em cima, pra resolver logo essa pendenga. Ficar planejando qdo vai quitar essa dívida...

18- vc não perde uma noite de sono pra ir na balada, mas fica sem dormir pra ir escalar

19- as únicas marcas de roupa que vc conhece são roupas e equipos de escalada

20- qdo finalmente sua família e amigos páram de achar vc estranho e simplesmente dizem: ah, ele (a) é assim mesmo... gosta dessas coisas...

Se vc se identificou com pelo menos 15 das questões acima, já era... vc já é um bicho da montanha. Menos que isso, vc está no processo... qto mais questões vc se identificou, mais está próximo a entrar para o clube. Mas se vc não se identificou com nada disso e achou tudo um absurdo, yeah! Fique tranquilo, pois o bicho da montanha ainda não te mordeu...
Ainda...




Nenhum comentário:

Postar um comentário